Por que não consigo aprender?

Você odeia essa matéria, porque você não entende, logo não consegue aprender. Olha, não gostar de algo tudo bem, mas odiar é muito extremo. Você não precisa amar, apenas não sinta ódio, tenha um equilíbrio. Se você tem um pré-conceito com a tal matéria, lamento te dizer que nunca se dará bem com ela, a não ser que você reprograme seu cérebro… Pensa comigo, existe uma matéria que você sente pavor, eu sei que existe. Quando você lembra dela o que vem na sua cabeça? Aquele professor que gritava, seu pai ou sua mãe sem paciência para te ajudar as vezes até fazia você chorar, um sono incontrolável, tédio, medo… E por aí vai né? Tudo isso ajudou com que você criasse um pré-conceito e uma barreira sobre essa matéria em sua mente. Vou te contar uma coisa, cada ser humano aprende de uma maneira e com um determinado ritmo, se você tem tentado evoluir nesta matéria sem sucesso, não se culpe! Vários fatores influenciaram para que você tivesse pavor dela hoje, seja a matemática, português, inglês, história, qualquer matéria. Para você entender como funciona o ciclo sem fim e para que quebre esse preconceito de uma vez por todas, vou te explicar o que acontece.

A matéria de nome X tem todas suas complexidades, te foi ensinada da maneira mais difícil que poderia ser, quando você tenta estudar sozinho (a), também escolhe um assunto aleatório. Seu cérebro se lembra dos traumas automaticamente, você não entende absolutamente nada e o interesse? Que interesse? Não dá nem tempo de gerar interesse. Logo em seguida desiste da tentativa frustrado mais uma vez.

Então para! Você é capaz de aprender o que quiser, e vou te contar um segredo, você é capaz de aprender o que quiser SOZINHO. Sim! Até essa matéria que você odeia. Para isso você precisa seguir à risca os 5 passos que vou te ensinar. Foi assim que consegui reprogramar meu cérebro, parar de odiar inglês, porque não entendia. A professora entrava na sala falando inglês e eu nem sabia o que estava acontecendo, só decorei meu número da chamada em inglês e respondia PRESENT ou HERE para dar uma variada e achava que estava abalando. Apesar de não entender uma palavra do que a professora estava falando eu não tinha ranço dela, pelo contrário, gostava e me dava bem com ela. Estudei em uma escola de idiomas por 2 anos e nem sabia o que eu estava fazendo lá, era uma tortura, eu ia para a aula arrastada e só estudava porque ouvia meu pai dizendo que inglês era importante para meu futuro. Lutei tanto que acabei parando de fazer! Meu pai realmente estava certo, inglês é muito importante para a vida toda. Depois que entendi que eu precisava aprender inglês, escolhi uma escola e aquilo era um sonho para mim, mesmo que eu não gostasse não conseguia entender nada. Consegui estudar nesta escola por 1 ano, e foi totalmente diferente, e hoje continuo estudando, não sou fluente ainda, mas se tornou uma paixão e uma meta. Então para que você consiga superar, siga os seguintes passos:

Primeiro – você se livrar das lembranças ruins! Esquece o que falaram para você, você é incrível e muito inteligente! É isso que importa agora, os seus resultados dependem somente de você!

Segundo – procure o início desse assunto, busque a base, “comece do começo”.

Terceiro – procure uma linguagem que te agrade, uma linguagem que seja SIMPLES E DIRETA, imagem, vídeo, texto, aprenda a filtrar conteúdo e conhecer em qual linguagem você entende melhor. Uma dica sobre vídeo, existem vários vídeos disponibilizados falando sobre mesmo assunto, mas cada pessoa explica de um jeito, então não desista no primeiro vídeo que assistir só porque a pessoa fala de um jeito que você não entende. Seja curioso e proativo! Caso o assunto tenha muitas palavras difíceis de entender, procuro o significado de cada uma delas. Se livra da preguiça!

Quarto – REPETIR, repita esse assunto até que ele esteja bem claro em sua cabeça, até que você consiga falar sobre ele confortavelmente.

Quinto – ensine, transborde conhecimento na vida de alguém, compartilhe com qualquer pessoa, mas não retenha esse conhecimento.

Só sucesso, quando começar a entender a matéria passará a não odiar mais ela. Não te prometo que irá morrer de amores por essa matéria no final, talvez sim, mas será um assunto mais amigável que você estará dominando sem sofrimento, e garanto que estará muito orgulho por mais esse conhecimento na bagagem e os limites ultrapassados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *